Destaque da semana

Loading...

quarta-feira, 29 de abril de 2009

A HOMOSSEXUALIDADE


Canalização de Shtareer, através de Rodrigo Romo.





Este é um tema, que a muito já me foi solicitado, por varias pessoas, e já foi abordado em varias canalizações nas reuniões, que são feitas com os mestres via canalização de acoplamento, comigo, normalmente durante as iniciações de Cura Quântica Estelar. A poucos dias atrás, me perguntaram sobre este tema, novamente, devido a uma explicação que teria surgido em um curso, na qual o eu superior de uma pessoa, estaria desconectado e por isso a pessoa seria homossexual, alem de outras explicações sem muito fundamento. No momento da minha resposta, comecei a canalizar uma explicação interessante, que passo a vocês agora e entro em mais detalhes.
“Amados filhos na luz, aqui quem vos fala, é novamente, um fragmento de minha energia, que vai procurar, ajudar a esclarecer diversos aspectos sobre essa questão, que pelas informações nos registros dos Mestres, tem tido muita procura e muitas vezes, foram respondidas de forma adversa. Vou procurar ser mais profundo para esclarecer diversos aspectos, pouco conhecidos sobre essa situação”.
“Bom, temos que abordar diversos aspectos sobre esse assunto, para que vocês, possam entender, pois existem muitos caminhos que levam a uma tal situação e comportamento das pessoas. Em primeira analise, vocês, devem entender, que nós do plano admensional e atemporal, não criticamos e não julgamos, isso fica para os seres e energias, que ainda estão na dualidade e tem preconceitos, que acabam por interferir no julgamento sobre muitos assuntos, que vocês questionam, e muitas vezes, recebem respostas parciais ou direcionadas com um foco dual.
Portanto vamos entender, que em muitos casos, as pessoas buscam a sua parcela de androgenia, isso sem que o percebam, devido a ação de diversas energias atuantes em vosso planeta desde 1958, quando muitas mudanças dentro do campo eletromagnético se direcionaram para vosso planeta e para vossa humanidade. Demo lhes lembrar, ainda, que a homossexualidade, não é uma condição nova, ela sempre existiu desde os tempos mais remotos, como no antigo império Romano, Babilônia, Atlântida, Lemuria, Persas, Islâmicos, Sumerianos, Hititas e outras culturas, que vocês no momento desconhecem. Portanto não se trata de uma condição nova, no entanto ela esta mais externada pela vossa sociedade, como uma forma de libertação dos antigos registros de ética religiosa e pré conceitos do certo e do errado.Do nosso ponto de vista, quando existe amor de verdade, a situação é pura e ativa energias profundas em ambas as parcelas, de forma a gerar um manancial de energias benéficas, no entanto muitas vezes, vocês classificam como sendo errado e como anormal, do ponto de vista energético da fisiologia genética de vocês, sim, pois quando o projeto KAD AMON ou ADAMICO foi configurado, foram criados 2 sexos, para que em conjunto se complementassem, no entanto, vocês partem de um foco andrógeno, que é o que vocês entendem como EU SOU, além disso a alma, não possui sexo, ela é composta de energia, o que a torna capacitada a estar em qualquer forma de corpo, sexo e raça, para desenvolver a sua mestria e jornada evolutiva. Como vocês descrevem em algumas revistas Aventura de Consciência. Portanto a questão da homossexualidade, é muito mais profunda, pois ela esta registrada na vossa historia, desde o surgimento da vossa espécie na Terra e em ouros planetas, onde a raça adâmica também existe e se manifesta entre as diversas realidade dimensionais.
Partindo do ponto original que o vosso EU SOU é uma energia andrógena, ou seja, ela não é sexuada, mas bi-sexual, mantendo em equilíbrio as duas parcelas de energia dinâmica do universo, assim como todos os Mestres Ascensos. Significa que existe uma informação superior em cada um de vocês, que insere a questão de uma sexualidade, de uma necessidade de unificação com uma outra contra parte, para gerar uma unidade, isso, vocês buscam através do ato sexual, entre homens e mulheres respectivamente, no entanto, existem pessoas, que buscam isso entre seres do mesmo sexo, o que choca muitos de vocês e geram com isso novas barreiras. Pois bem, vejamos alguns aspectos que podem gerar essa condição:
Reconexão pelo Cinturão de Fótons:
Aqui temos um aspecto muito interessante é pouco conhecido, que são os efeitos energéticos dessa nuvem, que esta atuando sobre o vosso planeta desde 1963 aproximadamente, de diferentes formas e densidades, no campo eletromagnético do planeta e na esfera quadrimensional, onde os vossos corpos sutis, estão situados. Assim o que temos é uma situação, onde existe uma ativação e correção das membranas de energia do campo ectoplasmico da humanidade e da TERRA, o que gera uma profunda mudança, no despertar consciêncial do todo. Isso gera anomalias no padrão encarnacional, onde a cada encarnação seqüencial de uma pessoa, existe um a nova etapa, que esta sendo desmascarada e removida, em relação aos antigos padrões de informações falsos, que vocês, foram forçados a acreditar, pelos interesses religiosos e sociais desde a atuação dos Anjos Caídos dentro do vosso planeta. Sendo que a sexualidade, foi um grande tabu e emmuitos casos, mal utilizado, justamente, por ser um caminho de libertação da matrix de controle dos poderosos e rebeldes lideres religiosos de vocês. Amados filhos, vocês tem que entender, que a maior parte das divindades, que vocês, foram forçados a seguir como DEUS, são na verdade ANJOS CAÍDOS, que atuaram de forma irresponsável com a criação da humanidade. Para vocês terem uma noção, o pai de toda a criação sistêmica local do quadrante de Satânia ao qual vocês pertencem dentro do braço espiral de ORION de vossa galáxia, é o LANONADECK LÚCIFER. Portanto todos os seres como Yawe, Alá, Zeus, Odin, Thor, Marduk, Poseidon, Osíris, Orus, Apolo e tantos outros, são na verdade criações diretas das ações co-criacionais irrefletidas de LUCIFER, quando ele atuava com a sua parcela andrógena de 6D, sendo que a matriz original dele é de uma realidade dimensional de 16D. No entanto a parcela dele, em 6D, como em muitas canalizações, já foi descrito, teve atitudes e gerou condições, para que seus filhos, criassem uma dualidade totalmente desequilibrada, que gerou as grandes guerras e rebeliões, onde Satã, e Anhotak, puderam entrar e se beneficiar dessa situação, passando como divindades absolutas, mas com muita inveja, ódio e alto gradiente de imperfeição, como vocês mesmos, podem estudar e avaliar nas escrituras sagradas de vocês.
Assim a matriz sexual de vocês, já veio com desvios desde a criação, devido a que os seres do espaço, que vocês identificavam, como deuses, já tinham esse desvio sexual, desde a sua formatação, por eles mesmos em muitas vezes, serem seres entre 4D a 7D, também polarizados entre masculino e feminino e usarem essa polaridade, como forma de troca de energia e de controle, o que acabou sendo direcionado para vocês, com profunda deturpação. Assim muitos dos seres do espaço, eram e ainda são bi-sexuais e assumem uma postura homossexual, como vocês a entendem, devido a sua forma distinta de classificar o ato sexual e a parceria entre almas, e não somente entre corpos, como vocês a enxergam. Pois na verdade no ato sexual , existe uma parceria corporal e de alma, que permite que todos os 5 corpos inferiores, entrem na sintonia e vibram na condição de co-criação em sintonia com as cargas genéticas dos cromossomos, o que gera uma energia de conexão com a fonte primordial que vocês entendem como holóide ou monada, de onde flui a essência divina, que pode ser entendida como DIVINA PRESENÇA, que já expliquei em outras oportunidades.
Assim no momento atual de vocês, com a ação de radiação cósmica, proveniente das espaçonaves e das estrelas, em sintonia com a nuvem do cinturão de fótons, diversos aspectos da egregore do passado e da reconexão de memória estelar, esta atuando sobre a humanidade, permitindo que nesse processo de reconexão, as pessoas, passem a sentir novas sensações e sentimentos do passado, o que em muitos caos, pode gerar uma anomalia no comportamento sexual, devido as pessoas, buscarem fora o que na verdade esta dentro de cada um.Assim na questão de sexualidade, algumas pessoas, podem estar sintonizando registros de vidas passadas ou de vidas paralelas, onde a dualidade sexual é um fato ou onde registros de um outro sexo, tenham gerado no plano cerebral e emocional, uma profunda lembrança e sentimentos de sexualidade, que podem levar a pessoa a ser homossexual ou bissexual, como ocorre muito no atual momento de vossa sociedade. Isso portanto são registros de vidas passadas ou de vidas em paralelo a realidade de vocês, que devido as energias de sincronicidade temporal e das outras dimensões, acabam por interagir com a psique humana e trazendo esses registros a vida cotidiana das pessoas. O que sugere, que de alguma maneira, a pessoa, esta tendo contato com outros planos sutis de sua alma, e que isso traz informações que podem levar uma pessoa a manifestar um comportamento e atitudes, que diferem das outras, isso é valido não apenas para questões relacionadas a sexo, mas a outros assuntos, da espiritualidade e de atitudes, exatamente, devido a energia que esta sendo direcionada para a Terra, que é a da separação do JOIO do TRIGO, dentro de todos os campos.
Não esotu dizendo que a homossexualidade esteja sendo considerada errada, não, pois antes disso, existe a questão dos sentimentos de amor e de auto expressão de cada ser, mas que dentro do processo planetário atual, todos vocês, estão expressando a alma e a intenção verdadeira de cada ser, para que ela possa se libertar da mentira do passado que viveu durante diversos ciclos de vida e expressões mal direcionadas. Assim os homossexuais, podem estar em alguns aspectos, resgatando situações do passado, que são necessárias para a sua libertação neste momento da Terra e das vidas pessoais de cada um. Quando existe amor no ato, seja heterossexual ou homossexual, ele é valido, pois gerou uma energia de amor e de complementação em todos os 5 corpos inferiores e isso, atua com os outros corpos, totalizando assim os 32 corpos herméticos que constituem vocês, como seres de luz. Portanto quando o amor expresso é verdadeiro, o ato significa um aspecto de toque e de complementação de estimulo material, por exemplo o ato de amor entre pais e filhos, do mesmo sexo, onde existe abraço amor e dialogo, também gera uma poderosa corrente de energias, onde não ocorreu o ato sexual, mas houve a criação de energias emocionais de alta qualidade.
Portanto devem começar a enxergar a questão da homossexualidade por outro prisma, a da felicidade dessas pessoas, não mais a da critica. Como normalmente vocês acabam por direcionar para as pessoas, devido aos dogmas religiosos e culturais, dentro de muitas linhas indígenas no passado, esse ato, era algo comum dentro da cultura dos relacionamentos e não era considerado errado ou gerava culpa, pois ela era natural, assim como em algumas espécies animais.”
Intrante Homossexual: Aqui temos um outro aspecto, que em muitos casos gera a situação de homossexualidade, que é referente aos intrantes , em especial de seres andrógenos, como os laurins, Dracos de Vega, de Zarionis, Rigel e seres de Plêiades, que possuem uma ambigüidade sexual muito interessante. Quando eles se acoplam a uma pessoa, como intrantes, eles podem por afinidade a uma pessoa, em relação a outra, gerar situação e um comportamento homossexual, que antes a pessoa não possuía. Isso caracteriza, que uma pessoa, que nunca antes, tinha um tal comportamento ou afinidade, depois de adulto, começa esse tipo de atração e relacionamento, muitas vezes escondido, justamente, por estar sendo manipulado pela egregore de um ser extradimensional, que não possui classificação de hetero ou homo, ele simplesmente gera uma condição de sintonia com outra pessoa, não lhe importando a ética da situação, o que é muito comum, pois dentro das malhas de manipulação planetária, que vocês tem no momento, entre implantes, quadro obsessor, Sinistro Governo Secreto, Anjos Caídos, e outros grupos, a quebra dos paradigmas de vossa sociedade, acaba por permitir, que esses seres se utilizem de vocês, assim como vocês, no passado se utilizaram de outros, portanto voltamos a questão de ação e reação, dentro da escala evolutiva e das manipulações raciais entre os seres da federação e dos diversos impérios entre as realidades duais mais densas, que compreendem entre a 1D a 7D, como base principal das manipulações, que vocês, no vosso passado, como antigos dirigentes ou comandantes, criaram e direcionaram para os mundos em colonização. Portanto esse registro existe dentro de vocês, e permite que um intrante esteja presente em vosso quadro magnético e possa efetuar esse tipo de controle sobre a vossa postura sexual. Essas situações tem relação com o subconsciente da pessoa, que em outras vidas ou registros, já teve uma tendência para isso, dessa forma, o intrante pode controlar esse impulso e usá-lo a seu interesse, muitas vezes, para desestabilizar a pessoa e o seu projeto de vida dentro da linha evolutiva. Lembrem-se, vocês estão dentro de uma guerra psiquica, entre seres não confederados e seres de luz, vocês estão no meio de uma guerra, que tomaram partido antes de chegar a Terra. Vocês são o premio, pois são súditos de seres, que se auto denominaram deuses absolutos, sendo que eles cortaram a conexão de vocês, com o verdadeiro centro do absoluto, esse centro lhes foi passado por seres de luz, como Maquibenta melchizedeck, Jesus cristo, Maytreia, Sidharta gautama, Kuthumi, El Morya, Clara, madalena, Maria, Kuanin, Lanto, Confúcio e tantos outros que de alguma forma, passaram mensagens e exemplos de vida, de libertação, assim vocês estão no momento, passando os momentos finais de duros de uma guerra ideológica sideral, onde os Filhos depravados e pervertidos pelo poder de Lúcifer e de Anhotak, geraram o que vocês entendem por religiões e dogmas, do certo e do errado. Assim vocês estão passando por momentos ligados as suas próprias escolhas no passado, passado esse, que tem relação com as vossas origens sistêmicas encarnacionais, antes da Terra, que por sua vez, tem relação com as primeiras experiências na mesma, que foram bem ou mal aproveitadas.
Assim o momento atual, onde um intrante esta dominando muitas pessoas, esta baseado na situação que vocês criaram no passado, como manipuladores e pessoas já com algum tipo de desvio de postura, que os fez estarem presente nos mundos de exílio como é o caso da Terra. Outros seres ainda, vieram em missão, mas acabaram se perdendo e entrando na linha da dualidade, buscando aventuras de consciência, tudo isso é magnífico, não é digno de critica, mas apenas de experiência para a totalidade, a FONTE QUE TUDO É, aprende com todos nós, portanto vocês estão vivendo momentos muito importantes para o todo e para a coletividade de monadas, que sustenta o plano divino e todas as sincronicidades do CAOS e da ORDEM.
Quando alguém de vocês, possui um intrante, pode estar na verdade exercendo um contrato de poder e de colaboração de vidas pasasdas, isso explica por que muitas vezes, não é possível afastar esse intrante, pois existe uma verdadeira colaboração entre ambas as partes, ou o que é mais profundo, esse intrante é na verdade a alma verdadeira do hospedeiro, em outras palavras, o intrante é a própria pessoa em outra linha do tempo e espaço, e por diversas situações e conjecturas da vida e do tempo, estão juntos nos momentos de transição planetária e consciêncial de vocês. Entre os intrantes mais comuns, podemos citar os ZETAS RETICULLI e os GRAYS, que possuem hábitos sexuais, totalmente diferentes, e tem através da sexualidade, procurado entender o processo emocional e sentimental das pessoas, com as quais eles estão interligados, e usam a energia do sexo em todas as linhas, como alimento de expressão e pesquisa genética e endócrina, para avaliar as secreções e substancias que vocês, produzem dentro da atividade sexual, exatamente como em laboratórios de pesquisas avançadas. Assim muitos de vocês, são na verdade cobaias de estudo desses seres.Vocês irão perguntar, o por que isso é permitido, e lhes respondo, que muitos de vocês, aceitaram essa proposta, devido as conexões, que já tinham com esses seres, outros realmente são vitimas, ligadas a sua postura sexual desequilibrada em vidas anteriores, como no caso de ROMA, que foi um dos maiores deturpadores da sexualidade, onde muitos de vocês, estiveram presentes e tem situações dessas em seus registros de subconsciente, lembrem-se que a pornografia e utilização dessa energia dentro de vossa mídia, já demonstra como a sexualidade ainda é uma energia muito mal trabalhada e muito mal compreendida por vocês.
Portanto amados filhos na luz, existe um aspecto que é o mais importante dentro de toda essa situação, que é justamente a ressonância que vocês, tem com essas desarmonias e o mal uso do poder, vocês tem poder, mas não sabem utilizar o mesmo, pois buscam o poder, para controlar outras pessoas, vejam no caso dos relacionamentos, eles, normalmente são possessivos, um quer domar o outro, isso não é amor, antes uma relação carmica de poder, no qual, um quer se afirmar sobe o outro. Assim vocês tem seus maiores problemas na questão emocional, isso é algo que já existia antes da Terra ser integrada, como mundo decimal de pesquisas, isso faz parte da matrix criacional do vosso EU SOU entre as realidades do Universo TETA que atua ate 12D, de onde a maior parte de vocês são sustentados e foram projetados, pelos filhos de Lúcifer, que tinha o encargo co-criacional setorial de Orionis. Por essa razão ele é tão importante e ao mesmo tempo controvertido, pois ele é a causa de muita coisa e a estrutura primordial da maior parte de vossas divindades, em quase todas as linhas religiosas, os vedantas, hinduismo e outras, fazem referencias a serres, com alta dualidade, bondade e maldade ao mesmo tempo, em diferentes situações, , assim eles são seres imperfeitos como vocês, ainda estão na escala evolucionaria, e na maior parte são criações diretas do Lanonadeck Lúcifer, trata-se de uma revelação dura, mas verdadeira, que em alguns livros vocês irão encontrar respaldo de outras canalizações de outros canais e autores.
Implantes: Aqui temos uma outra situação profunda, que pode induzir uma pessoa a ter atividades sexuais, não convencionais, justamente para controlar e desequilibrar uma pessoa, ou para efetuar pesquisas endócrinas, como já foi descrito, onde os Grays e Zetas e Dracos, buscam as antigas matrizes genéticas que fazem parte da matriz original deles a milhares de anos no passado de vocês, onde as raças tinham uma estrutura similar, a origem de muitas raças, do ponto de vista genético, possui um paralelo nas estruturas lanonadeck que são as hierarquias responsáveis pelas matrizes co-criacionais dos universos, esses registros estão dentro de esferas acima de 13D, por essa razão , os seres de planos abaixo disso, buscam com tanto afinco respostas sobre a relação genética entre humanos da Terra, com grays, Zetas, Dracos, Pleiâdianos, Sirianos e outras formas de vida, que em principio, não são aparentadas. Por que na base original, foram aproveitadas rotinas de computação gráfica dimensional, para gerar as matrizes de proteínas e nucleotídeos, que seriam a base estrutural da geometria sagrada universal, assim esses seres, através dos estímulos sexuais, procuram respostas na produção de energias, que em outros planos sutis, cristalizam e sintetizam quimicamente, componentes, únicos no universo, que faze parte do processo de vida de diversas raças da vossa galáxia e do núcleo das 21 galáxias ao qual vocês fazem parte. Assim os implantes podem em alguns casos, ser a resposta para um comportamento sexual, que não estava programado pela pessoa.
No entanto volto a insistir na questão da ressonância, sem ela, não é possível influenciar um ser, pois existem aspectos de energia e condutividade, dentro das linhas gravitacionais do dna de vocês e dos corpos sutis, que permite ou não esse tipo de manipulação por parte de implantes e dos intrantes, ou mesmo do quadro obsessor, que pode interferir, mas não tem a força para controlar um ser, a não ser que ele o permita.
Encarnações seguidas: aqui temos outra questão que é relativa aos espíritas, que muitas vezes, afirmaram, que quando uma pessoa, encarnou por muitas vezes seguidas, em um sexo, ele traz lembranças e vontades sexuais relativas a essas informações, o que em alguns aspectos, condiz com a verdade, mas nem sempre. Portanto vocês, podem ver, que existem varias fontes de origem dessa condição, que nem sempre esta no que foi determinado, pois no fundo nada é absoluto, sempre uma situação terá diversas variáveis, que criaram uma situação ou quadro material ou energético. Isso significa que existem registros de vidas, passadas, que podem interferir no atual, mas isso não significa que em todos os casos, isso pode gerar uma anomalia corporal ou sexual, pois a cada ciclo encarnacional, como vocês o denominam, existe toda uma reconstrução desde o corpo mental superior ate o plano físico, para cada corpo a ser usado, isso, ajuda a gravar no causal todas as informações e com isso, uma nova mariz corporal, é feita para cada ciclo de vida novo, onde as atividades dos engenheiros genéticos como Mãe Maria e Arcanjo Rafael, são os responsáveis pela reprogramação e aproveitamento das antigas matrizes de informação, permitindo que essa pessoa, possa nascer saudável e dentro de uma linha normal de comportamento. No entanto dentro dos estudos de astrologia, vocês, devem saber, que a pessoa, já vem com as marcas de eventuais desvios da sexualidade, justamente, devido ao mal uso dessa energia em outras vidas, o que gera novamente, uma possível condição de que isso volte a ocorrer.
Neste caso entram os quadro obsessores e lembranças de vidas passadas e a coligação com seres que são denominados de INCUBOS e SUCUBOS, que são aberrações da depravação sexual dos antigos impérios e dos anjos caídos, que habitam as linhas umbralinas entre 5D negativo a 6D umbralinos, onde eles por ressonância, se conectam as pessoas, que já tem uma pré disposição ao uso da sexualidade de forma anormal e muitas vezes, devassa, isso gera então um poderoso quadro obsessor, onde esses seres usam a pessoa muitas vezes, em estados de completa incorporação para a pratica de atos sexuais, fora do normal, induzindo a pessoa a uma leviandade sexual além do normal. Essas pessoas existem aos milhões dentro de vossa sociedade, pois é uma questão mal resolvida desde o inicio dos tempos. Lembrem-se que uma das formas de castigar alguém, e de infligir dor e sofrimento, era violar as pessoas por um alto contingente de pessoas, criando assim escravos sexuais em muitas etapas da historia de vossa humanidade e de outros impérios planetários não confederados, alguns mesmo dentro do vosso sistema solar, como ocorreu em antigas civilizações de Marte, Júpiter, Saturno, Maldeck, que foram planetas, onde a energia sexual, foi muito mal utilizada, gerando os respectivos quadros na Terra, por serem em grande parte, as antigas divindades que reinavam pelo poder na Terra e na humanidade do passado. Os registros do Incubos e Sucubos, no corpo causal dessas pessoas, gera um ponto de comunicação direto, que é aberto, quando a pessoa se aventura na sexualidade e gera uma condição sem amor no ato, onde o ato, é apenas uma questão de poder e de contagem de pontos, onde o amor e a participação dos sentimentos mais puros, não existe, assim essas pessoas, passam a ser manipulados pela energia sexual, de forma a criar uma profunda anomalia no seu campo emocional e vibracional, que atrai ainda mais seres umbralinos com esse registro de comportamento.
Pessoas sodomizadas: aqui outro aspecto, ligado a registros profundos de vidas passadas, que geram a anomalia devido a ação das energias radioativas e a manipulação dos seres que ainda compactuam com o Sinistro Governo secreto e com todas as formas de desarmonizar a humanidade, impedindo que a luz se manifeste e com isso, garantindo o império de sentidos dos anjos caídos, que ainda lutam contra as novas diretrizes de harmonização de Lúcifer e dos outros mestres de luz. Assim os portadores da luz, tem que enfrentar grupos isolados de seres, que usam de tudo, para impedir a verdade e a libertação da humanidade e de outras formas de vida da Terra, assim as pessoas com ressonância, que em vidas passadas tiveram problemas com a sodomização e brutalidade sexual ou similar, podem ser atacados nesse mesmo ponto e com isso, baixar o seu gradiente de energia e colocá-las a infelicidade, o que gera mais anomalia ainda. Notem que dentro dos relacionamentos homossexuais, a felicidade é um problema, devido a muitas vezes, vocês não estarem contentes com o relacionamento e procurarem fora o que existe dentro de vocês, assim os relacionamentos sofrem desgaste e dor, o que gera problemas emocionais e tudo o que vocês já estão cansados de saber. Portanto qualquer relacionamento, que não tenha amor e sinceridade, não vai pra frente. Na antiga Roma, isso era uma situação diária, a infelicidade e busca do sexo, como forma de passar o tempo, isso fica no registro causal de vocês e pode voltar a ser acessado, e muitas vezes, os elementais e arquétipos negativos ou positivos, também, por isso, devem analisar profundamente a vossa postura em relação ao sexo, não critica, mas analítica, para buscarem uma postura mais amorosa e harmônica com seus parceiros.
Corpo causal com registros muito fortes da atividade sexual passada, podem também gerar marcas profundas na vida atual das pessoas, portanto cabe a cada um efetuar esse estudo interno e verificar, qual é a verdadeira essência do vosso foco no sexo, para com isso, poder encontrar um espelho melhor e mais harmônico, onde vocês, possam se satisfazer plenamente em vossas fantasias sexuais, que muitas vezes, são focos de profunda discórdia, por sentirem culpa e medo delas, isso, tem relação com os profundos registros do uso do sexo em vidas paralelas ou passadas, que estão ainda presentes e devem ser trabalhadas, para gerar uma nova etapa da vida de vocês, que ainda necessitam dessa energia, para a liberação de profundas substancias químicas de prazer e amor, e ao mesmo tempo de libertação e superação dos antigos fantasmas do passado.
Desalinhamento do dna, aqui é possível encontrar outro tipo de anomalia, no momento da gestação e da própria formatação química e bioquímica de um feto, onde anomalias podem gerar distúrbios psíquicos no comportamento sexual desse feto, isso muitas vezes, é encarado por vocês, como carma. Nem sempre é isso, mas sim uma anomalia no processo da gestação, que tem relação com a postura dos pais durante a gestação, e da própria memória da sexualidade dos pais, que passam a atuar no processo de formação do feto, isso acaba por ficar na memória celular da pessoa, e em situações drásticas da vida dessa pessoa, quando adulta, gerar um comportamento anômalo de sua sexualidade, que pode ter sido iniciado dentro da normalidade ou não, tudo dependendo de cada caso em especial, devido a psique de cada alma dentro do corpo e das experiências anteriores com essa energia do sexo. Portanto aqui também não cabe a culpa, e sim a compreensão de uma desarmonia química ou emocional desde a fecundação do feto, que no momento foi carregada com a energia disponível, isso é muito profundo em situações de violação, quando uma mulher engravida numa situação dessas, todo o ódio e desprezo da situação, passa para o feto e fica no registro de memória primordial das células dessa criança, que poderá manifestar profundas anomalias a energia sexual, na forma de traumas e medos da sua própria sexualidade, ou ter uma atividade sexual totalmente anômala, da mesma forma, por estar no seu registro genético de formatação hereditária.
Cinturão de fótons atuando na energia pessoal podem como já foi descrito, atuar de forma a gerar anomalias, dependendo da ressonância de cada pessoa, isso é cíclico, e pode ser verificado que não é sempre que ocorrerá esse tipo de desvio, mas em momentos de profunda solidão ou insatisfação, exatamente, devido a sintonia da pessoa, com as energias externas, que estão querendo libertar a pessoa de seus registros mais profundos e negativos, que muitas vezes, tem relação aos relacionamentos humanos e emocionais.
Outro aspecto interessante é relativo, ao excesso de hormônios que vocês utilizam na vossa alimentação e por conseqüência em vosso abastecimento de águas, onde os hormônios, não são removidos e ficam dentro da mesma, solubilizados, promovendo anomalias endócrinas, que levam a um comportamento de alibido diferenciado me vocês, gerando também uma postura sexual, não comum, que em casos pode levar a baixa produção de hormônios masculinos ou femininos, gerando assim uma condição passiva sexual, que pode ser controlada por outras pessoas e induzir uma pessoa ainda indefinida a uma postura sexual, sem que ela na verdade soubesse o que ela realmente queria, tornando-se assim vitima de uma condição química mal aspectada em vossa genética, o que em muitos casos, os laboratórios mundiais, não alertam, pois a contaminação com química hormonal do crescimento, para os animais da vossa corrente alimentar, plantações e outras coisas, esta presente dentro de vossa alimentação a pelo menos 30 anos, o que gera total dependência de vocês e aumenta as anomalias bioquímicas de expressão e de estimulo sexual, o que gera o aumento da homossexualidade, por falta de alibido hormonal original de cada sexo como foi criado na matriz original do Adam kad Amon.Portanto amados filhos, o assunto ainda é muito extenso e permite que escrevamos um livro, o que no momento não esta aspectado dessa forma, e pode gerar uma condição direta para que possamos entender de forma não critica, mas amorosa essa questão, que não é uma anormalidade nefasta mas muitas vezes de muito sofrimento, de encontros e desencontros, que devem ser trabalhados pelos seus participantes, com amor e carinho, para poderem superar os problemas que existem dentro dessa situação em vossas vidas”
“bom amados filhos, espero ter ajudado vocês em algum aspecto, com essas informações e oportunamente, mais informações a continuidade destas, serão apresentadas a vocês, fiquem na luz e no amor dos mestres da Confederação”









Shtareer, através de Rodrigo Romo,
06/09/2005 São Paulo SP Brasil Autor: Rodrigo Romo




segunda-feira, 27 de abril de 2009

A AUTOPOIESE E A ALOPOIESE NO DESENVOLVIMENTO E CONSTRUTO DO SABER


Por Denyze Réggio Pesquisadora e Edeuta Proficiente-Funcional da Universidade de Estudos Avançados – UEA.


A alopoiese é a capacidade que a espécie humana possui de receber informações e conhecimentos de diversas origens terrenais e integrar estas informações e conhecimentos ao seu programa. Para construir-se em demanda a um viver de dupla esfera, do Ter e Ser, um programa de dimensão mais abrangente precisa ser desenvolvido. Este “novo” programa poderá ser instalado através de ver e de ouvir ensinamentos do Quinto Universo1, trabalhando pela autopoiese; só assim o individuo obterá maior clareza sobre seu caminhar perante as mudanças e transformações que o universo tridimensionado registra em suas verdades estabelecidas. Para que este processo aconteça e desperte a compreensão, uma eugenia psíquica2 deverá acontecer e esta somente procede de um contacto com inteligência extraterrenal, pois é de onde se traz os conhecimentos da quarta e das múltiplas dimensões, estabelecendo uma amplitude sobre o caminhar terrenal e o saber do caminho extraterrenal; esse, na posição de uma pesquisa além dos conhecimentos pré-estabelecidos e reconhecidos pela ciência equacionada.

Conforme informa o Método Mak’Gregor, o kath’s é a substância cósmica atuando em nossa máquina, sira, para que fortaleça esta máquina com novas informações, a fim de que ela esteja apta para exercer a função de timoneiro (cybernetyko) liderando a matéria, kale, pois esta é frágil e seu comando é animal, instintivo.

“O individuo caminha em duas posições neste universo de profusão. São duas metades de uma mesma esfera. Ele caminha tal qual demonstrado na cinta de Möbius, ora dentro, ora fora. O dentro é representado pelo incompreensivo mundo misterioso, o fora é o orbe, a Terra”.3

Cada indivíduo em seu estado de reposicionamento neste orbe. Primeiramente precisa “acordar”, “despertar” através das perguntas: Quem somos nós? O que somos? Para onde vamos? O que estamos fazendo aqui? Perguntas que fazem cada pessoa ir buscar as respostas, e estas são, na maioria das vezes, procuradas pela alopoiese, que traz a possibilidade de enriquecer a cultura, os conhecimentos e encontrar satisfações nas respostas do viver biográfico, do sofrer, das querelas, mas que não conduzem o estudante-pesquisador para dentro de si mesmo, conduzindo o mesmo a um encontro inesquecível.

A alopoiese, é a vontade de conhecer, de encontrar respostas no que já esta estabelecido, em um caminho já demarcado, é o conhecimento posicionado como escolástico pelo Método Mak’Gregor, o conhecimento que o orbe terrenal já colocou a disposição através de uma equação estabelecida, importante no caminhar da profissão, do estabelecer-se socialmente, enfim, do conviver alimentando os programas já instalados. Assim a humanidade tem caminhado. Adentra-se através do nascimento, é programado através das instituições familiares, religiosas e políticas, desde tenra idade, sendo posicionado o certo e errado, dentro de uma alopoiese, um conhecimento experimentado por outrem, avaliado como “bom” e ensinado com referenciais bem demarcados. As instituições existentes alimentam e constroem suas estruturas com bases que conduzem a pessoa a confirmar a veracidade, se a mesma segue estes conceitos.

O que percebemos ao acompanhar o “acordar”, o “despertar”, é uma insatisfação, seja por parte daqueles que obtiveram “sucesso” nos seus projetos do ter, como daqueles que buscavam suas respostas dentro de “velhos ensinamentos do ser”, nada que obtivessem clareza no seu programa. Mudavam atitudes, experimentavam “novas” posições, mas percebiam que não mutavam, não se transformavam através dos conhecimentos adquiridos.

A autopoiese é uma caminhada diferente, a proposta dentro do Método Mak’Gregor posiciona uma revisão dos processos de cada caminhante, uma auto-observação de si mesmo, colocando-se como observador de conhecimentos registrados em seus cófrios.4

Os conhecimentos escriturísticos ensinados por seres de outras paragens, verdadeiros mistagogos do saber kosmico, trazem informações que, paradoxalmente, proporcionam a capacidade de antítese da tese dos conhecimentos ensinados pela escolástica; gerando, dentro de cada pesquisador, a possibilidade de enxergar o caminhar em dupla posição, não mais somente pelas demarcações pré-estabelecidas, mas através da imaginação que estas informações promovem em cada um, pois trazem uma nova ciência, gerando conhecimentos com premissas diferenciadas ao padrão pré-estabelecido.

Os referenciais apresentados até então, tomam novas conotações. Mesmo assim, o prekaut (estudante/pesquisador) não vê necessidade de abandonar o lado de fora da cinta de Mübius, pois é nela que ocorre as interações neste orbe. Ele desenvolve uma linguagem própria, uma técnica sui generis de interpretar o universo a sua volta, sem com isso, deixar de ver como o universo esta se desenvolvendo, evoluindo. Esta autopoiese acontece dentro de cada pesquisador, independe do que esta se desenvolvendo fora dele, o mesmo esta conectado aos acontecimentos.

Estes conhecimentos escriturísticos procedem de dimensões mais abrangentes, informações trazidas por conexões daqueles que trazem em si um registro de informações com mundos ignotos, sendo por nós chamados Mestre, Guru, Avatar... enfim, caminhantes além da terceira dimensão, verdadeiros viajantes do universo indefinido.

Compreendemos através do Método Mak’Gregor que a instrução que a alopoiese nos posiciona difere da educação que a autopoiese proporciona. Pois a instrução, conforme pesquisamos junto aos ensinamentos do Método Mak’Gregor, interage com a nossa capacidade intelectiva na aceitação dos factos como eles se apresentam. Já a educação nos conduz ao próprio experimento, num estado de pensar filosófico/ontológico com a ciência da posição exposta.


Sendo assim, aprendizagem é um processo através do qual vencemos cada passo do caminho desde que respiramos pela primeira vez; a transformação que ocorre no cérebro sempre que uma nova informação é integrada e as ligações afetivas de circuito informativo geram em cada um de nós a possibilidade de mudança de comportamento, de aprender e fazer, de ser diferente, mas tudo isso dentro de uma evolução horizontalizada, alopoietizada.

Sair da alopoiese, que nada mais é do que aplicar o conhecimento de outrem em nosso viver, em demanda da autopoiese, é o despertar que temos ao caminhar com o Método Mak’Gregor. Seus ensinamentos de mundos ignotos numa poesia de viver, nos apresenta a possibilidade de reestruturar nosso programa pré-estabelecido. Este processo desenvolve a responsabilidade individual e somente poderá ser ensinada e orientada por seres que já conhecem o caminho. Verdadeiros filósofos, cientistas e pesquisadores do saber, que trazem consigo a arte de caminhar neste orbe terrenal, sabendo quem é, o que é e para que veio. Isto é sabedoria.

Para que essa posição de autopoiese aconteça, precisa o individuo acolporar5 em si novos ensinamentos, um novo programa, que contenha uma nova ciência, trazendo uma nomenclatura diferenciada e uma terminologia condizente, eis a proposta sui generis deste Método.

Concluímos com um dizer da pesquisadora Marilyn Ferguson: “Por nos encontrarmos no amanhecer da compreensão do nosso lugar no Universo e de nosso poder latente, a flexibilidade e a transcendência de que somos capazes. As descobertas científicas estão lançando um desafio: se nossas memórias são tão absorventes como a pesquisa tem demonstrado, nossa percepção tão ampla, nossos cérebros e corpos tão sensíveis, se podemos desejar modificações em nossa fisiologia a nível de uma simples célula; se somos herdeiros de uma tamanha virtuosidade evolucionária - como podemos estar fazendo e aprendendo coisas a nível tão medíocres”.6


___________________________________


1 Como orienta o Método Mak’Gregor.
2 O termo Eugenia foi criado por Francis Galton (1822-1911), que o definiu como “o estudo dos
elementos psíquicos ou físicos, que podem mudar ou mutar com novas informações”.
3 Mak’Gregor, Will’S. Quinta-Essência do Método Mak’Gregor. São José dos Pinhais: UEA Editora,
2008.
4 Segundo o Método Mak’Gregor, são pacotes de registros quânticos.
5 Embeber em si. Do Condenso da UEA.
6 Ferguson, Marilyn. A conspiração aquariana. Rio de Janeiro: Record, 1980

uea@ueamakgregor.com.br
0XX48 3232-7986

© Copyright 2008 - Todos os direitos reservados.


Desenvolvido por Mahaday




sexta-feira, 24 de abril de 2009

Planeta Terra, Consciência Viva

Por: Cândida Loureiro


Se observarmos com Atenção os sinais que o Planeta Terra tem enviado para a Humanidade nos últimos tempos, com maior ênfase a partir de meados do séc. XX, entenderemos que este corpo celeste, assim denominado pela Astronomia, não é “apenas” um astro acéfalo, como não são quaisquer outros assim denominados…de astros…ou corpos celestes.

Não sendo apenas essa função de corpos celestes e tendo capacidade de se comunicarem de forma inteligível, o que poderão então ser? Talvez…Seres sencientes, isto é, com Consciência plena de Si e do que os rodeia…Consciências Vivas mais evoluídas que a maior parte da Humanidade, no sentido de estarem mais plenas e sincronizadas com todo o Universo e com a Fonte Criadora.
Neste sentido, o Planeta Terra, enquanto Ser altamente evoluído escolheu, há muitos éons, acolher um experimento novo para a Fonte, com premissas específicas e de grande grau de dificuldade para os seres que quisessem participar nele, entre outras, a Dualidade e o Livre-Arbítrio.
O objectivo deste experimento era de verificar se após uma “viagem” aos extremos da dualidade e sem se recordarem da sua matriz original, os seres participantes conseguiriam adquirir Luz suficiente no seu plano físico, de forma a expandirem o conhecimento de todo o Universo sobre a Vida nos planos vibracionais mais densos, onde tudo, inclusive a “Luz é mais lenta”, onde a manifestação desta é tecnicamente muito mais complexa.
Ao formar a equipa que permitiria concluir o experimento escolheu parceiros, os Humanos entre outros. Assim, somos apenas um dos parceiros, nem sequer especiais, tão únicos como quaisquer outros: Minerais, plantas, animais, etc.
Sempre que os Humanos não respeitam a Parceria que lhes foi proposta, não respeitam o compromisso que fizeram com o seu promotor…o Planeta Terra…Ser de Consciência altamente evoluída.


É como se tivéssemos sido convidados para a casa de um amigo, que propôs parceria para uma tarefa específica e estivéssemos a destruir a casa…e o Ser que nos convidou/chamou, permitindo que através dele, pudéssemos evoluir mais rapidamente.

Esta situação é irreversível? Não. Ainda é reversível com uma mudança de atitudes e de formas de agir no dia-a-dia. Este Ser é tão inteligente, que tem uma capacidade de mudança e adaptação rápida à mudança de consciência da humanidade…assim ela mude…até ao plano físico…passo a explicar…Meditações para o Planeta são muitíssimo importantes e ajudam, mas ajudarão ainda mais se forem combinadas, sustentadas consistentemente por Acções Realmente importantes para mostrarmos Respeito a este Parceiro Super Amoroso.
São coisas muito Terra-a-Terra, por exemplo, pergunta-te da próxima vez de lavares a loiça com o detergente habitual, ou os dentes com o dentífrico habitual, para onde vão todos os produtos e resíduos daquela espuma; Onde vão parar depois de passarem pelas Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), o que fica “tratado” aí e o que sai. Ou…o óleo da lata de atum que se abriu e é despejado pelo cano do lava-loiça abaixo, porque é “muito mais prático”, chegando incólume aos cursos de água, poluindo e matando? Um litro de óleo cobre 1 km2 da superfície de água, evitando a sua oxigenação, a recepção de luz, etc……os peixessssss, as algasssss, huuummmm…e depois, o que acontece, quais as repercussões para estes sistemas de Vida incluindo o Humano?
Pois, imaginem a paciência e o Amor infinito deste Parceiro…Planeta Terra….observando o tempo linear passar e nós…sem percebermos…Xiiiiii pá…como se diz na minha Terra!
Com muito Amor porque como todos, também me incluo em tudo o que disse   

Cândida Loureiro
Novembro de 2007

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Outras vidas para além de Urântia





Fonte informativa principal: “O Livro de Urântia” [123456 - 7]


Quando se fala em vidas passadas, a nossa mente “parece” estar preparada para fazer uma leitura bastante parcial do assunto, em termos espaciais e temporais.

Pensarmos em vidas passadas, aparentemente, reduz-se a isto:
a) Em termos espaciais, apenas ao planeta Terra.
b) Em termos temporais, aos últimos quatro a cinco mil anos.

A nossa memória celular está tão atulhada de lixo psíquico, que fica reduzida a um ecrã muito pequeno. O “filme” parece possuir apenas uma bobine, em vez de 3 ou 4, além de não conseguir passar em ecrã gigante.
A mente ternária – aquela que pertence ao aparelho físico [corpos físico, mental e emocional] – absorve com facilidade a ideia de vidas passadas, aparentemente, havidas desde os egípcios até hoje, ou um pouco antes. Os tais 5.000 anos (números redondos). Para lá dessa época, até há pouco tempo, o que se sabia, pertencia ao nível das excepções. O mesmo acontece com a localização dessas vidas passadas. São sempre no planeta Terra.
Obviamente, que o véu que cobre a nossa experiência neste planeta não nos permitia ver para além do nosso centro habitacional. Não nos possibilitava ir a vidas para além do sistema gravitacional do nosso planeta. No entanto, desde os anos 80, que a malha magnética foi tremendamente alargada e esse véu transformou-se em malha alargada e já vai sendo possível intuir e ver horizontes mais vastos, e em passados mais recuados, aqui e fora de Urântia, nome cósmico do nosso planeta.
Quase todos somos ET’s, no sentido do nosso Ser e respectiva mónada não terem sido criados neste planeta. Pertencemos a esferas que estão inseridas em outros sistemas estelares. As razões porque escolhemos ter vindo até este planeta não é o assunto deste post e requer uma longa explicação. A nossa origem Extra Terrestre também é uma das razões, porque ainda ficamos fascinados com uma bela noite límpida, em que vemos aqueles milhões de pontinhos no céu.
O Homem, ao longo do tempo, conseguiu olhar para as estrelas e catalogá-las. Assim começou a astrologia, a astronomia e, muito mais tarde, a astrofísica. A tecnologia permitiu perceber que o universo é de uma vastidão abismal. O Homem reconhece que aquilo que sabe do universo, nada é, comparável ao ainda desconhecido.
Quando olhamos para o céu, vemos apenas uma parte daquilo que chamamos de Via Láctea:
















Visão a partir dos hemisférios norte e sul


Na primeira metade do século 20 surgiu o Livro de Urântia [é o nome que o nosso planeta tem no cosmos], que explica de uma maneira muito especial, as questões da cosmogenia e da espiritualidade. [Vale a pena arranjar tempo para consultar os sites lincados acima.] Antes, já houvera informações. Depois, surgiram autores, pensadores e canais que têm explicado muito bem estas e outras questões, sob os mais variados pontos de vista. Alguns estão publicados na nossa editora.
Com a ajuda do Paulo Chora, criou-se a ilustração superior para tentar mostrar, em gráfico e de uma forma simplificada e grosseira, o que o Livro de Urântia nos conta sobre os supernuviversos.
A Grande Fonte é um grande universo central, chamado Havona, é o creador dos restantes. Havona, no centro do gráfico, é a Primeira Grande Fonte Que Tudo É. Na nossa linguagem mais quotidiana, designamos essa incrível e poderosa fonte energética, com nomes como Deus, Alá, Adonai, Jeová, Brahama, Pai, Mãe, Grande Arquitecto, Creador, Ilha Paradisíaca, Ilha Eterna, etc.
“A primeira criação posterior a Havona dividiu-se em sete formidáveis segmentos”. “O actual esquema de administração existe quase que desde a eternidade e os governantes destes superuniversos são chamados de Anciões de Dias.”
“É importante que formeis primeiro uma ideia adequada acerca da constituição física e da organização material dos âmbitos do superuniverso, pois assim estareis melhor preparados para apreender a importância da maravilhosa organização que foi providenciada para o seu governo espiritual e para o avanço intelectual das criaturas de vontade que moram nas miríades de planetas habitados espalhados, aqui e ali, por todos os sete superuniversos.”




Os sete formidáveis segmentos ou superuniversos, apontados no gráfico do topo, rodam no sentido anti-horário. Percorrem uma grande elipse, um gigantesco círculo muito alongado. “Este caminho cósmico está bem mapeado e os observadores das estrelas do superuniverso conhecem-no tão bem como os astrónomos de Urântia [Terra] conhecem as órbitas dos planetas que constituem o vosso sistema solar.”
Nós pertencemos a um dos universos relativamente recentes e ainda em desenvolvimento. O 7º superuniverso tem como nome cósmico, a palavra Orvonton. Este 7º superuniverso está numa trajectória relativamente recta, em direcção ao norte, a leste de Havona. Estas direcções cardeais são dadas apenas porque a nossa mente necessita de parâmetros orientadores.
O Livro de Urântia diz-nos que cada superuniverso é composto por 10 Sectores Maiores que, por sua vez, estão organizados em 100 Sectores Menores cada um. Cada Sector Menor é o somatório de 100 Universos Locais. Em cada Universo Local existirão 10.000.000 de planetas habitáveis. São números simples, apenas para entendermos a grandeza do mundo do Pai.
Existe uma Fonte Que Tudo É em cada Universo Local, em cada Sector Menor e Maior, em cada Superuniverso.
O nosso Universo Local chama-se Nebadon, está localizado em Orvonton, o 7º superuniverso, que gira entre os superuniversos 1 e 6. Hoje em dia, o sistema solar ao qual Urântia pertence deixou para trás, há cerca de um bilião de anos, a rota circular ao redor da curvatura sul de Havona. Por eras incontáveis, Orvonton seguirá quase que directo em direcção a norte.
O universo local Nebadon também tem a sua Fonte Que Tudo É. Digamos, apenas para nos entendermos, que essa Fonte é como se fosse uma super-delegação da Primeira e Grande Fonte Que Tudo É, a de Havona. O governante de Nebadon é um Filho Criador gerado directamente por Havona. O seu nome é Micah, responsável e criador deste universo local. Jesus e Sananda são projecções em outros planos deste Ser de grande energia cósmica.





Nos dias de hoje, quando aqui no planeta Terra usamos a palavra “Deus”, estamos a falar da Fonte Que Tudo É de Nebadon. No passado, essa referência era entendida como sendo o nosso Sol, na representação de Sanat Kumara. O tão conhecido Arcanjo Gabriel, tão amado por milhões de pessoas, e totalmente aceite por várias religiões, tem uma altíssima função em Nebadon. É quem coordena todas as funções administrativas do Universo Local de Nebadon. Como que um super primeiro-ministro.
Urântia pertence ao sistema solar que está bem na parte exterior do universo local Nebadon, perto da fronteira do nosso universo local. Na ilustração, o nosso Universo Local Nebadon está assinalado a azul escuro. “Além de vós, existem mais outros; porém, no espaço, estais muito distantes daqueles sistemas físicos que giram ao redor do grande círculo e que estão relativamente próximos à Grande Fonte de Havona.”
“Praticamente todas as regiões estelares visíveis a olho nu em Urântia pertencem ao superuniverso de Orvonton. O imenso sistema estelar da Via Láctea representa o núcleo central de Orvonton estando, em grande parte, além dos limites do vosso universo local de Nebadon.”
Em noites límpidas e sem lua, longe das luzes artificiais das áreas urbanas, pode-se ver claramente no céu uma faixa nebulosa atravessando o hemisfério celeste de um horizonte a outro. Chamamos a essa faixa Via Láctea, devido à sua aparência, que lembrava aos povos antigos um caminho esbranquiçado como leite. A sua parte mais brilhante fica na direcção da constelação de Sagitário, sendo melhor observável no Hemisfério Sul durante as noites de Inverno. Hoje sabemos que esta é uma visão de dentro da própria galáxia. É nessa direcção brilhante da constelação de Sagitário que se encontra a sede do governo do 7º superuniverso Orvonton. Sendo comum ouvir-se esta expressão: “Sol Central”. A astrologia diz-nos que um dos pontos sensíveis do Zodíaco é o grau 26 de Sagitário, que, aparentemente, aponta para o centro do universo. O centro do 7º superuniverso. A casa do Pai Maior, ao nível do nosso entendimento.
Esta grande aglomeração de sóis, ilhas escuras do espaço, estrelas duplas, aglomerados globulares, nuvens de estrelas, nebulosas espirais e ainda de outras formas, junto com as miríades de planetas, forma algo semelhante a um relógio. O tamanho aproximado da nossa galáxia e a localização do Sol são conhecidos há quase 80 anos. Os nossos cientistas estimam que só a Via Láctea possua entre 200 e 250 biliões de estrelas. No nosso universo local Nebadon aparenta haver 10 milhões de planetas habitáveis. Estamos a falar daquilo que constitui uma parte considerável do 7º superuniverso Orvonton.
“Os astrónomos de Urântia identificaram aproximadamente oito dos dez Sectores Maiores de Orvonton. Os outros dois são difíceis de se reconhecer em separado porque estais obrigados a visualizar estes fenómenos a partir do interior. Se pudésseis observar o superuniverso de Orvonton, a partir de uma posição distante no espaço, reconheceríeis imediatamente os dez Sectores Maiores.” A ciência actual nem sequer consegue avistar os nossos superuniversos vizinhos – o 1 e o 6. Nem consegue avistar todo o nosso superuniverso. Lá chegaremos, porque a nossa civilização parece querer encaminhar-se para as viagens entre estrelas. É tudo uma questão de tempo. Lembremo-nos do que evoluímos nos últimos 18 milhões de anos. Imenso, para o bem e para o mal.



“O movimento absoluto de Orvonton, no sentido anti-horário, também é inato e inerente ao plano arquitetónico do universo matriz. Mas os movimentos que se interpõem são de origem composta e, em parte, derivados da segmentação constitutiva da matéria-energia nos superuniversos e, em parte, são produzidos pela acção inteligente e intencional dos organizadores de força do Paraíso.”
“O superuniverso de Orvonton está iluminado e aquecido por mais de dez triliões de sóis resplandecentes. Estes sóis são as estrelas que podem ser observadas no vosso sistema astronómico. Mais de dois triliões estão muito distantes e são muito pequenas para serem vistos de Urântia. Contudo, existem no universo matriz tantos sóis como há gotas de água nos oceanos do vosso mundo.”


Bom, poderíamos continuar a desenvolver esta ideia de universo, mas creio ter enfatizado o suficiente para se abrirem novas possibilidades de reflexões. Regressando a Urântia, existem informações suficientes para sabermos que, por ter criado vida própria evolutiva – existem milhões de espécies no planeta -, foi um planeta colonizado por sistemas vizinhos e não tão próximos. Tal e qual como os humanos sempre fizeram com os vizinhos e não tão vizinhos. E continua a fazer, quando pode.
Que foi que os portugueses, espanhóis, ingleses e franceses fizeram em África, Ásia e Américas? Colonizaram. O mesmo aconteceu há vários milhões de anos com o planeta Terra [Urântia]. De constelações conhecidas vieram diversas civilizações para, simplesmente, pilharem o que pudessem dos produtos da natureza então existente. Muitos deles fizeram experiências genéticas com os serem humanos de então, nossos antepassados. O processo evolutivo não se ficou pela pilhagem e manipulação genética. Foi criada uma Confederação de impérios estelares, que se opuseram àqueles que hoje cochemos como não-confederados.

Desde a sua criação, Urântia [Terra] passou pela solidificação, pela formação da ionosfera, estratosfera, pelas primeiras formas celulares, até chegar às primeiras formas primitivas humanas físicas. Neste período, há dezoito milhões de anos atrás, de primeiras formas humanas físicas, o planeta serviu de berço para a encarnação de uma multidão seres do cosmos. Vindos de Sírius, Orion, Canopus, Plêiades, Lira e uma longa lista de sectores estelares.
Porém, há um intervalo de tempo quase infinito e desconhecido na história da Terra. Foi o período - 500.000 anos atrás - em que há registos da presença de Extraterrestres, Interplanetários bons (confederados) e menos bons (não-confederados), em várias partes do globo. Neste período inicial, houve a encarnação da 1ª raça raiz e 2ª raça raiz, tão bem conhecidas da teosofia e de outros estudos ocultistas, e que não eram propriamente raças físicas, completamente materializadas. Isto só se deu na 3ª raça raiz, a Lemuriana. Hoje somos a 5ª raça raiz.
Foi um longo processo de 18 milhões de anos com a ajuda da Fraternidade Branca criada por Santa Kumara. E é neste vai-vem reencarnacional, que podemos dizer que a maioria de nós reencarnámos em Urântia, mas temos o cosmos como origem.
Em Agosto de 2005 fiz o curso de “cura quântica”, de Rodrigo Romo, que, como deve ser do conhecimento de muitos, é feita uma iniciação canalizada de Shtareer. Partilho convosco uma pequena parte do que foi canalizado então, sobre o meu Ser, nesse curso: “Este filho é oriundo do sistema canopiano e teve várias encarnações em Canopus, Antares, Sistema de Shaula, Celta e depois várias encarnações e focos em Sirius e Orion. Chegou à Terra na marca de 618.513 anos atrás e iniciou a sua encarnação na Terra na cotação de 324.000 anos e tem 198 encarnações.” E não sou dos mais velhos no planeta Terra. O meu irmão monádico chegou ao planeta há 3.4 milhões de anos e tem menos reencarnações.
As minhas 198 reencarnações referem-se apenas aos últimos 324.000 anos e não aos supostos 5.000 anos que comentei no início deste texto. Tentando dar algum sentido ao “porquê” de cá estarmos no processo reencarnacional, apenas cito mais um bocadinho da iniciação: “Com o problema da guerra e os confrontos entre as 22 delegações com o intercâmbio com os anjos caídos, este filho acabou confrontando também a hierarquia dos anjos caídos por combater a postura e pontos de vista, mas acabou preso na malha magnética da Terra.” Fiquemos por aqui, no que respeita dar a conhecer outras partes da iniciação. Ao ficarmos presos na magnética da Terra, entramos na roda de Samsara, as chamadas reencarnações físicas.



As grandes mudanças no planeta indicam que os “tempos são chegados”. Chegou a hora de muitos, mas muitos de nós, tentarmos regressar a casa.




Fonte: http://www.anjo-dourado.com

quarta-feira, 22 de abril de 2009

A CONFEDERAÇÃO INTERGALÁCTICA E OS MESTRES


Muitas vezes temos dificuldades para compreender como interagem os Mestres Ascensionados e a Confederação Intergaláctica, por isso decidimos preparar este material para facilitar este entendimento e para tanto contamos com a ajuda do ser multidimensional SHON THOR de ÓRION CENTRAL.

Aproximadamente há 35 milhões de anos atrás na Via Láctea, as grandes forças das trevas e da luz estavam em combate devido a uma rebelião das forças negativas, causando muitas dificuldades em nossa galáxia.

Esses seres das sombras se espalharam pela nossa galáxia e começaram a conquistar, com sucesso, milhares de sistemas estelares. Então, para evitar que essas forças negativas interdimensionais dominassem e explorassem a Via Láctea surgiu a Confederação Intergaláctica cerca de 4,5 milhões de anos atrás.

Os Seres de Luz, que já formavam uma aliança, se tornaram mais e mais organizados e desenvolveram esta confederação, altamente diversificada, que atua como um guarda-chuva, coordenando as defesas da galáxia e fazendo a vez de um fórum de trocas culturais e governamentais entre as diversas civilizações.

A Confederação Intergaláctica vê a si mesma como uma espécie de Nações Unidas dos sistemas estelares de nossa galáxia com o propósito único de permitir e facilitar que a Luz continue a fluir nesta parte do Universo. Atualmente existem mais de 100.000 sistemas estelares e ligas estelares na Confederação. A base primordial desta criação de luz galáctica é o AMOR.

A posição mais alta, dentro de suas numerosas divisões, é a do Conselho Federal Principal que está localizado no grupo de estrelas de Lira na Constelação de Vega. A segunda é composta por vários Conselhos Regionais. Existem atualmente 14 Conselhos Regionais na Confederação e o mais importante para nós, é o chamado Conselho Regional Siriano. Num futuro próximo o Sistema Solar irá fazer parte desse Conselho.

Os sirianos foram orientados pela Hierarquia Espiritual da Terra para mudar o cenário de contacto conosco para um que envolvesse um processo de ascensão em massa. Essa nova realidade fez com que os sirianos comovessem o seu Conselho Regional para uma mudança de postura. Essa política começou a surtir efeito no final dos anos 80. Foi permitido aos sirianos alterar a polaridade do Sol e pesquisar métodos para um processo de ascensão emergencial para a Terra.

Essa pesquisa trouxe diversos grupos de cientistas para nosso Sistema Solar, a fim de avaliar a biosfera da Terra de uma nova maneira (uma maneira que permitisse voltar ao que era no tempo da Lemúria). Esse conceito de restauração tornou-se o princípio básico diretor para todas as missões científicas e espaciais para o nosso planeta.



A Terra foi avaliada no início de 1990, a fim de preparar-se para a missão doméstica de boas vindas ao 1º Grupo de Contacto da Confederação Intergaláctica. Esse procedimento foi feito com dois propósitos: primeiro - saber como estávamos e segundo - ajudar o 1º Grupo de Contacto em sua missão de restaurar a Terra para as condições desejadas pela Hierarquia Espiritual.


A missão descrita abaixo deverá ser realizada pelo 1º Grupo de Contato.

1ª Parte: Ligação com a Hierarquia Espiritual da Terra. Essa primeira parte da missão é para checar as mudanças em nosso planeta.

2ª Parte: Recomposição do Meio Ambiente Planetário. Essa missão científica é contínua e tem auxiliado o estabelecimento dos procedimentos científicos necessários para recolocar nosso planeta no estado primordial, solicitado pela Hierarquia Espiritual.

3ª Parte: Assistência Cultural. Envolve o processo de contato propriamente dito através das artes e da cultura.

4ª Parte: Perímetro Ecológico da Biosfera Terrestre. Restabelece os perímetros ecológicos necessários para nosso planeta. Para realizá-lo é preciso voltar no tempo e comparar o passado com o presente. Programas sonoros especiais foram estabelecidos para alterar a superfície atual do nosso planeta.

5ª Parte: Ligação entre a Confederação Intergaláctica e a Terra. Tem por objetivo promover grupos de interação entre os Conselhos da Confederação e a nossa civilização galáctica emergente. Esta missão está atualmente em vias de ser estabelecida.

Porém, quem está realmente agindo e determinando muitas das atividades que os Confederados estão realizando em nosso planeta, é a Hierarquia Espiritual da Terra (Grande Fraternidade Branca), baseada no Plano Diretor Divino para nosso planeta. A função da Confederação é a de um organismo administrativo, funcional, organizacional e burocrático, digamos assim.

A Confederação não trata diretamente dos caminhos espirituais da humanidade; para isso se faz necessário a presença e a orientação dos Mestres que são os responsáveis diretos pelo progresso espiritual da humanidade.


Para compreenderem como funciona a Hierarquia Planetária, daremos abaixo uma descrição do caminho dos Mestres Ascensionados para terem uma noção de como funcionam ambas as coligações no processo de evolução da Terra.

Nosso movimento planetário em direção à Quarta Dimensão tornou possível estarmos mais informados sobre a Hierarquia Espiritual que governa a nossa Galáxia; antes, só sabíamos da Hierarquia Planetária e no máximo, da Hierarquia Solar.

A Galáxia Via Láctea, à qual a Terra e o Sistema Solar pertencem, é governada de um lugar chamado Centro Galáctico ou Coração Galáctico. Esse centro está localizado na Constelação de Sagitário.

Nossa Galáxia está dividida em quatro quadrantes e cada um deles está dividido em três setores. Isso significa que existem doze setores dentro de nossa galáxia. Existe um governo específico para cada um desses quadrantes, um outro para cada setor e outro para a Galáxia como um todo. O setor que direciona a Terra vem da constelação da Ursa Maior e seu administrador é um Ser Cósmico cujo nome é Melchior.

Melchior e seus associados têm trabalhado por eons através de nosso logos solar Hélios, que trabalha através de nosso logos planetário, Sanat Kumara. Por causa da aceleração espiritual da Terra, o setor galáctico inteiro de Melchior foi mobilizado para ajudar nosso planeta em sua evolução.


Existem sete grandes dimensões de realidade. As sete dimensões através das quais nós estamos trabalhando, como extensões encarnadas da alma na Terra são: 1) O plano físico; 2) O plano astral; 3) O plano mental; 4) O plano búdico; 5) O plano átmico; 6) O plano monádico; 7) O plano logóico.

A cada plano acima corresponde uma iniciação aqui na Terra e assim teremos a 1ª iniciação (plano físico), a 2ª (plano astral) e assim sucessivamente.

As sete grandes Iniciações pelas quais passamos, nos levam a um grau, em termos de nível de harmonização, dentro de um determinado plano e à conseqüente estabilização neste plano.



Os Mestres que são tão familiares a nós, tais como: Jesus, Djwhal Khul, Saint Germain, Kuthumi, El Morya, Serapis Bey, Paulo Veneziano, Buda, Senhor Maitreya etc. são todos Mestres dos planos acima citados. No entanto, é importante compreender, que as dimensões da realidade acima mencionadas são somente os sete subplanos do plano físico cósmico e assim, são somente uma pequena fração dos sete planos cósmicos.



Os sete planos cósmicos são: 1) O plano físico cósmico; 2) O plano astral cósmico; 3) O plano mental cósmico; 4) O plano búdico cósmico; 5) O plano átmico cósmico; 6) O plano monádico cósmico e 7) O plano logóico cósmico.

Portanto, os Mestres, pelos quais temos tanto respeito e admiração são na verdade Mestres Planetários, mas não ainda Mestres Cósmicos; na verdade eles estão iniciando sua evolução cósmica. Isso indica a vastidão e a realidade sem limites de Deus e de Sua Criação.

Para termos uma idéia da distância entre eles e nós na experiência física terrestre, descreveremos os passos evolutivos a serem ultrapassados:

-a média humana terrestre está inconsciente de sua conexão com a alma e ainda não entrou no Caminho; esse é o primeiro nível que chamamos Reino Hominal;
-em seguida, temos o Aspirante a Discípulo que se encontra no Caminho da Provação;
-depois vem o Discípulo que neste nível completa a Primeira e Segunda Iniciações;
-neste nível temos o Iniciado que realiza e completa a Terceira Iniciação;
-depois temos o Arhat que finaliza a Quarta Iniciação;
-neste estágio temos o Adepto que completa a Quinta Iniciação;
-finalmente temos o Mestre Ascensionado que conclui a Sexta Iniciação.


Após a Sexta Iniciação, o Mestre Ascensionado tem a chance de escolher se permanece no plano físico prestando serviço ou se retorna ao mundo espiritual. É também nessa Iniciação, que o Mestre Ascensionado deve decidir qual dos Sete Caminhos para a alta evolução, ele escolherá para seu destino cósmico.

O Mestre Ascensionado continua a evoluir e passa à Sétima Iniciação, que tem como objetivo fundir-se com a vontade do Logos Planetário e chegar ao Plano Logóico. O grau mais alto de Iniciação então foi alcançado, em termos das Iniciações que podem ser realizadas no plano terrestre.



SHON THOR responde sobre a Confederação Intergaláctica e os Mestres Ascensionados:



Vialuz: Pelas informações que nos chegaram, Sanat Kumara, o Logos Planetário do Sistema Terrestre, encarnou em nosso planeta, em corpo etérico, há 18.500 milhões de anos atrás. Vinha de Vênus, com três outros Seres Gloriosos e iniciou a Hierarquia Espiritual para a Terra, apesar de não ser um membro da hierarquia local. A Confederação surgiu há 4.500 milhões de anos. Como pode haver uma troca entre seres espirituais e os seres da Confederação, com uma diferença tão grande de tempo entre eles?


Shon Thor: Filhos, esquecem vocês que os períodos de espaço-tempo do seu planeta são insignificantes em termos universais? Seria para nós, o equivalente a um intervalo de meses, em seu espaço-tempo terrestre. Os estados das Grandes Consciências são eternos, possuem um registro infinito e podem ser consultados quando necessário, por todo aquele que já atingiu um determinado grau de evolução espiritual.


Vialuz: Será que você pode nos falar um pouco sobre um Logos, o que é? É um Ser? Quais são suas atribuições? O que significam os diversos Logos?


Shon Thor: Sendo o homem composto de matéria cada vez mais sutil e vibrátil, e se pode por evolução tornar-se um super-humano, e se toda a criação evolui, podemos por dedução compreender que toda a criação evoluindo poderá atingir um Ser eminentemente Superior. O Universo é a expressão de uma Vida Una Consciente – Deus ou Logos Universal. O Logos Universal anima o Universo com três formas fundamentais de manifestação (é Uno e Trino, ao mesmo tempo). Como expressão de Sua Vida, existem sete Logos Cósmicos. A cada um deles pertencem estrelas que são centros de sistemas evolutivos e expressões de vida do Logos Cósmico.

Quanto ao Logos Solar, compreendam filhos, é o Senhor do Sistema Solar, um centro evolutivo, como explicamos antes, possuidor de vida, movimento e individualidade como um Ser. Suas individualidades são frações da individualidade Dele. O Logos Solar também é Uno e Trino e a ele estão associados sete logos planetários, cada um com sua ação diferenciada. Esses sete logos planetários compreendem hierarquias que trabalham na construção e na conservação do Sistema Solar. Eles se constituem em autênticos centros de força ou canais pelos quais o Logos Solar faz chegar suas energias.


Vialuz: Ainda vai demorar para a Terra fazer parte da Confederação Intergaláctica? Quais as vantagens que essa coalizão nos trará?


Shon Thor: Filhos, o seu espaço-tempo para nós é irrelevante. O que realmente vai contar para que seu planeta venha a fazer parte da Confederação é muito mais o estado de consciência do que a capacidade tecnológica de realizar viagens interplanetárias, como querem alguns. Existem leis e normas a serem aceitas e cumpridas por todas as civilizações que ingressam no quadro da Confederação Intergaláctica. Enquanto um planeta, em sua totalidade, não for capaz de aceitá-las com sinceridade, não é possível essa união. Por isso é tão importante a evolução de toda a sua humanidade por igual.


Ao nos conscientizarmos de todas as dificuldades dos Confederados e dos Mestres para nos ajudarem, nos sentimos pequeninos e nos apercebemos da enormidade da tarefa que temos pela frente para sermos membros da Confederação. O esforço conjunto é, mais do que nunca, necessário.




Mãos à Obra!


VIALUZ Nº. 12 ( Jan / Fev 99 )

http://www.vialuz.com./frame_vialuz3.html

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Leonardo Boff - Tempo de Transcendência

Áudio da palestra de lançamento do livro 'Tempo de Transcendênca', de Leonardo Boff.
Pare. Pense. Escute com atenção!
Uma Era de Ouro se aproxima, prepare- se para as transformações!

Parte 1


Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Parte 6

Paulo Freire e a Teologia da Libertação

Nilton Santos - Entrevista

Vídeo sensacional escancarando mais uma vez a Verdadeira Verdade sobre a sociedade em que vivemos, explorando novos pontos de vista que merecem ser observados com olhar atento.

Que esse vídeo sirva de herança às futuras gerações, que possam ver que sempre existiu uma parte da humanidade disposta a mudar e reescrever a história, na etrena esperança de um mundo melhor.

Bons estudos,
Namastê.

Parte 1


Parte 2


Parte 3


Parte 4


Parte 5


Parte 6


Parte 7


Parte 8


Parte 9

terça-feira, 7 de abril de 2009

E O QUE DIZ A BÍBLIA SOBRE "O QUE DEUS É ?"






DEUS É . . .


Gênesis 21 : 22 - Deus é contigo em tudo o que fazes;

Deuteronômio 31 : 6 - Sede fortes e corajosos; não temais, nem vos atemorizeis diante deles; porque o Senhor vosso Deus é quem vai convosco. Não vos deixará, nem vos desamparará.

Deuteronômio 32 : 4 - Deus é a Rocha; suas obras são perfeitas, porque todos os seus caminhos são justos; Deus é fiel e sem iniqüidade; justo e reto é Ele.

IICrônicas 30 : 9 - Porque o Senhor vosso Deus é clemente e compassivo, e não desviará de vós o seu rosto, se voltardes para ele.

Salmos 54 : 4 - Eis que Deus é o meu ajudador; o Senhor é quem sustenta a minha vida.

Provérbios 30 : 5 - Toda palavra de Deus é pura; Ele é um escudo para os que nele confiam.

Gênesis 31 : 50 - Lembra-te de que Deus é testemunha entre mim e ti.

Gênesis 41 : 16 - Deus é que dará uma resposta de paz ao Faraó.

Salmos 144 : 15 - Bem-aventurado o povo cujo Deus é o Senhor.

Deuteronômio 3 : 22 - Não tenhais medo deles, porque o Senhor vosso Deus é o que peleja por nós.

Deuteronômio 4 : 24 - Porque o Senhor vosso Deus é um fogo consumidor, um Deus zeloso.

Deuteronômio 4 : 31 - porquanto o Senhor teu Deus é Deus misericordioso, e não te desamparará, nem te destruirá, nem se esquecerá do pacto que jurou a teus pais.

Deuteronômio 6 : 4 - O Senhor nosso Deus é o único Senhor.

Deuteronômio 6 : 15 - Porque o Senhor teu Deus é um Deus zeloso no meio de ti; para que a ira do Senhor teu Deus não se acenda contra ti, e Ele te destrua de sobre a face da terra.

Deuteronômio 7 : 9 - Saberás, pois, que o Senhor teu Deus é que é Deus, o Deus fiel, que guarda o pacto e a misericórdia, até mil gerações, aos que o amam e guardam os seus mandamentos;

Deuteronômio 9 : 3 - Sabe, pois, hoje que o Senhor teu Deus é o que passa adiante de ti como um fogo consumidor; ele os destruirá, e os subjugará diante de ti; e tu os lançarás fora, e cedo os desfarás, como o Senhor te prometeu.

Deuteronômio 20 : 4 - Pois e Senhor vosso Deus é o que vai convosco, a pelejar por vós contra os vossos inimigos, para vos salvar.

Josué 2 : 11 - Porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra.


Josué 23 : 10 - Um só homem dentre vós persegue a mil, pois o Senhor vosso Deus é quem peleja por vós, como já vos disse.

ISamuel 10 : 7 - Quando estes sinais te vierem, faze o que achar a tua mão para fazer, pois Deus é contigo.

IISamuel 14 : 17 - Que a palavra do rei meu senhor me dê um descanso; porque como o anjo de Deus é o rei, meu senhor, para discernir o bem e o mal; e o Senhor teu Deus seja contigo.

IISamuel 22 : 33 - Deus é a minha grande fortaleza; e Ele torna perfeito o meu caminho.

ICrônicas 17 : 2 - Então Natã disse a Davi: Tudo quanto tens no teu coração faze, porque Deus é contigo.

IICrônicas 2 : 5 - A casa que vou edificar há de ser grande, porque o nosso Deus é maior do que todos os deuses.

Esdras 8 : 22 - Pois tive vergonha de pedir ao rei uma escolta de soldados, e cavaleiros para nos defenderem do inimigo pelo caminho, porquanto havíamos dito ao rei: A mão do nosso Deus é sobre todos os que o buscam, para o bem deles; mas o seu poder e a sua ira estão contra todos os que o deixam.

Jó 19 : 6 - sabei então que Deus é o que transtornou a minha causa, e com a sua rede me cercou.

Jó 32 : 13 - Achamos a sabedoria; Deus é quem pode derrubá-lo, e não o homem.

Jó 36 : 5 - Eis que Deus é mui poderoso, contudo a ninguém despreza; grande é no poder de entendimento.

Jó 36 : 22 - Eis que Deus é excelso em seu poder; quem é ensinador como ele?

Jó 36 : 26 - Eis que Deus é grande, e nós não o conhecemos, e o número dos seus anos não se pode esquadrinhar.

Salmos 7 : 11 - Deus é um juiz justo, um Deus que sente indignação todos os dias.

Salmos 33 : 12 - Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, o povo que Ele escolheu para sua herança.

Salmos 44 : 8 - Em Deus é que nos temos gloriado o dia todo, e sempre louvaremos o teu nome.

Salmos 46 : 1 - Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.

Salmos 47 : 7 - Pois Deus é o Rei de toda a terra; cantai louvores com salmo.

Salmos 48 : 14 - Porque este Deus é o nosso Deus para todo o sempre; Ele será nosso guia até a morte.

Salmos 59 : 9 - Em ti, força minha, esperarei; pois Deus é o meu alto refúgio.

Salmos 59 : 17 - A ti, ó força minha, cantarei louvores; porque Deus é a minha fortaleza, é o Deus que me mostra benignidade.

Salmos 62 : 7 - Em Deus está a minha salvação e a minha glória; Deus é o meu forte rochedo e o meu refúgio.

Salmos 62 : 8 - Confiai nele, ó povo, em todo o tempo; derramai perante ele o vosso coração; Deus é o nosso refúgio.

Salmos 68 : 20 - Deus é para nós um Deus de libertação; a Jeová, o Senhor, pertence o livramento da morte.

Salmos 73 : 26 - A minha carne e o meu coração desfalecem; do meu coração, porém, Deus é a fortaleza, e o meu quinhão para sempre.

Salmos 74 : 12 - Todavia, Deus é o meu Rei desde a antigüidade, operando a salvação no meio da terra.


Salmos 75 : 7 - Mas Deus é o que julga; a um abate, e a outro exalta.

Salmos 77 : 13 - O teu caminho, ó Deus, é em santidade; que deus é grande como o nosso Deus?

Salmos 84 : 11 - Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão.

Salmos 89 : 6 - Pois quem no firmamento se pode igualar ao Senhor? Quem entre os filhos de Deus é semelhante ao Senhor,

Salmos 99 : 9 - Exaltai o Senhor nosso Deus e adorai-o no seu santo monte, porque o Senhor nosso Deus é santo.

Provérbios 25 : 2 - A glória de Deus é encobrir as coisas; mas a glória dos reis é esquadrinhá-las.

Isaías 8 : 10 - Tomai juntamente conselho, e ele será frustrado; dizei uma palavra, e ela não subsistirá; porque Deus é conosco.

Isaías 12 : 2 - Eis que Deus é a minha salvação; eu confiarei e não temerei porque o Senhor, sim o Senhor é a minha força e o meu cântico; e se tornou a minha salvação.

Isaías 26 : 4 - Confiai sempre no Senhor; porque o Senhor Deus é uma rocha eterna.

IICoríntios 9 : 8 - E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra;

Daniel 2 : 47 - Respondeu o rei a Daniel, e disse: Verdadeiramente, o vosso Deus é Deus dos deuses, e o Senhor dos reis, e o revelador dos mistérios, pois pudeste revelar este mistério.

Habacuque 3 : 19 - O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos.

Marcos 4 : 26 - O reino de Deus é assim como se um homem lançasse semente à terra,

Marcos 12 : 29 - Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.

Lucas 10 : 11 - O reino de Deus é chegado.

Lucas 16 : 15 - E ele lhes disse: Vós sois os que vos justificais a vós mesmos diante dos homens, mas Deus conhece os vossos corações; porque o que entre os homens é elevado, perante Deus é abominação.

João 3 : 33 - Mas o que aceitar o seu testemunho, esse confirma que Deus é verdadeiro.

João 4 : 24 - Deus é Espírito, e é necessário que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

João 6 : 29 - Jesus lhes respondeu: A obra de Deus é esta: Que creiais naquele que Ele enviou.

João 6 : 33 - Porque o pão de Deus é aquele que desce do céu e dá vida ao mundo.

João 13 : 31 - disse Jesus: Agora é glorificado o Filho do homem, e Deus é glorificado nele;

João 13 : 32 - Se Deus é glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar.

Atos 28 : 28 - Seja-vos pois notório que esta salvação de Deus é enviada aos gentios, e eles ouvirão.

Romanos 2 : 2 - O juízo de Deus é segundo a verdade, contra os que tais coisas praticam.

Romanos 2 : 24 - por vossa causa, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios, como está escrito.

Romanos 3 : 30 - se é que Deus é um só, que pela fé há de justificar a circuncisão, e também por meio da fé a incircuncisão.

Romanos 6 : 23 - Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus nosso Senhor.

Romanos 8 : 31 - Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

ICoríntios 1 : 25 - Porque a loucura de Deus é mais sábia que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte que os homens.

IICoríntios 1 : 18 - Antes, como Deus é fiel, a nossa palavra a vós não é sim, e não,

Gálatas 3 : 20 - Ora, o mediador não o é de um só, mas Deus é um só.

Filipenses 2 : 13 - porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade.

ITessalonicenses 2 : 5 - Pois, nunca usamos de palavras lisonjeiras, como sabeis, nem agimos com intuitos gananciosos. Deus é testemunha,

Hebreus 4 : 12 - Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até a divisão de alma e espírito, e de juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.

Hebreus 12 : 29 - pois o nosso Deus é um fogo consumidor.

Tiago 2 : 19 - Crês tu que Deus é um só? Fazes bem; os demônios também o crêem, e estremecem.

IJoão 1 : 5 - E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e nele não há trevas nenhuma.

IJoão 4 : 8 - Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor.

IJoão 4 : 16 - E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem permanece em amor, permanece em Deus, e Deus nele.

IJoão 5 : 9 - Se recebemos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é este, que de seu Filho testificou.