Destaque da semana

Loading...

terça-feira, 5 de maio de 2009

EUA registram segunda morte causada pela gripe suína

Do Diário OnLine
Com Agências

Os Estados Unidos anunciaram na tarde desta terça-feira a segunda morte no país provocada pela gripe suína.

Trata-se de uma mulher residente na cidade texana de McAllen, perto da fronteira com o México. De acordo com a Associated Press, a mulher sofria de diversos problemas crônicos de saúde e morreu no início desta semana, mas sem especificar o dia.

A primeira morte nos Estados Unidos causada pela doença foi a de um bebê mexicano que havia sido levado pela família ao Texas.

A OMS (Organização Mundial de Saúde) poderá elevar ainda nesta terça o alerta contra a gripe suína para a fase 6, a mais alta de sua escala, que aponta para uma pandemia (epidemia generalizada) global, informou a agência de notícias japonesa Kyodo, citando fontes próximas à agência das Nações Unidas.

Balanço mundial - A OMS havia confirmado mais cedo (16h GMT) a existência de 1.419 casos de gripe suína em 21 países, dos quais 30 foram fatais (29 no México e um nos Estados Unidos, até aquele momento).

No México, já foram confirmados 822 casos da doença pela organização. No entanto, o ministro da Saúde, José Angel Córdova, afirmou nesta terça, durante uma coletiva de imprensa para prestar contas das medidas sanitárias, que já são 840 casos da doença no país.

Além do México, os Estados Unidos (403) e Canadá (140), também lideram o ranking dos casos confirmados. Em seguida vem a Espanha (57), Grã-Bretanha (27), Alemanha (9), Nova Zelândia (6), Israel (4), França (4), El Salvador (2), Itália (5), Holanda, Suíça, China, Dinamarca, Coreia do Sul, Costa Rica, Irlanda, Áustria, Portugal e Colômbia com um caso cada.

A Guatemala também confirmou um caso de gripe suína nesta terça-feira, o primeiro no país. A incidência, entretanto, ainda não entrou na lista da OMS.



Fonte: http://internacional.dgabc.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário