Destaque da semana

Loading...

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Planeta Terra, Consciência Viva

Por: Cândida Loureiro


Se observarmos com Atenção os sinais que o Planeta Terra tem enviado para a Humanidade nos últimos tempos, com maior ênfase a partir de meados do séc. XX, entenderemos que este corpo celeste, assim denominado pela Astronomia, não é “apenas” um astro acéfalo, como não são quaisquer outros assim denominados…de astros…ou corpos celestes.

Não sendo apenas essa função de corpos celestes e tendo capacidade de se comunicarem de forma inteligível, o que poderão então ser? Talvez…Seres sencientes, isto é, com Consciência plena de Si e do que os rodeia…Consciências Vivas mais evoluídas que a maior parte da Humanidade, no sentido de estarem mais plenas e sincronizadas com todo o Universo e com a Fonte Criadora.
Neste sentido, o Planeta Terra, enquanto Ser altamente evoluído escolheu, há muitos éons, acolher um experimento novo para a Fonte, com premissas específicas e de grande grau de dificuldade para os seres que quisessem participar nele, entre outras, a Dualidade e o Livre-Arbítrio.
O objectivo deste experimento era de verificar se após uma “viagem” aos extremos da dualidade e sem se recordarem da sua matriz original, os seres participantes conseguiriam adquirir Luz suficiente no seu plano físico, de forma a expandirem o conhecimento de todo o Universo sobre a Vida nos planos vibracionais mais densos, onde tudo, inclusive a “Luz é mais lenta”, onde a manifestação desta é tecnicamente muito mais complexa.
Ao formar a equipa que permitiria concluir o experimento escolheu parceiros, os Humanos entre outros. Assim, somos apenas um dos parceiros, nem sequer especiais, tão únicos como quaisquer outros: Minerais, plantas, animais, etc.
Sempre que os Humanos não respeitam a Parceria que lhes foi proposta, não respeitam o compromisso que fizeram com o seu promotor…o Planeta Terra…Ser de Consciência altamente evoluída.


É como se tivéssemos sido convidados para a casa de um amigo, que propôs parceria para uma tarefa específica e estivéssemos a destruir a casa…e o Ser que nos convidou/chamou, permitindo que através dele, pudéssemos evoluir mais rapidamente.

Esta situação é irreversível? Não. Ainda é reversível com uma mudança de atitudes e de formas de agir no dia-a-dia. Este Ser é tão inteligente, que tem uma capacidade de mudança e adaptação rápida à mudança de consciência da humanidade…assim ela mude…até ao plano físico…passo a explicar…Meditações para o Planeta são muitíssimo importantes e ajudam, mas ajudarão ainda mais se forem combinadas, sustentadas consistentemente por Acções Realmente importantes para mostrarmos Respeito a este Parceiro Super Amoroso.
São coisas muito Terra-a-Terra, por exemplo, pergunta-te da próxima vez de lavares a loiça com o detergente habitual, ou os dentes com o dentífrico habitual, para onde vão todos os produtos e resíduos daquela espuma; Onde vão parar depois de passarem pelas Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR), o que fica “tratado” aí e o que sai. Ou…o óleo da lata de atum que se abriu e é despejado pelo cano do lava-loiça abaixo, porque é “muito mais prático”, chegando incólume aos cursos de água, poluindo e matando? Um litro de óleo cobre 1 km2 da superfície de água, evitando a sua oxigenação, a recepção de luz, etc……os peixessssss, as algasssss, huuummmm…e depois, o que acontece, quais as repercussões para estes sistemas de Vida incluindo o Humano?
Pois, imaginem a paciência e o Amor infinito deste Parceiro…Planeta Terra….observando o tempo linear passar e nós…sem percebermos…Xiiiiii pá…como se diz na minha Terra!
Com muito Amor porque como todos, também me incluo em tudo o que disse   

Cândida Loureiro
Novembro de 2007

Nenhum comentário:

Postar um comentário